Como funciona um berçário? O Que os Pais precisam saber?

Quando a licença maternidade está perto de acabar o coração começa a apertar, pois sabemos que teremos que deixar o nosso filho com outra pessoa ou até mesmo em algum berçário. Porém, as mamães ficam muito receosas, e com razão, de ter que deixar a criança com pessoas desconhecidas e outras nem sabem como funciona um berçário.

Antes de tentar procurar um berçário para a criança é importante que você saiba como funciona um berçário, pois isso pode te ajudar a escolher o melhor ambiente para o desenvolvimento e segurança da criança, já que ela vai passar uma boa parte do dia no berçário.

Quer saber mais sobre como funciona um berçário e o que o papai e mamãe devem saber antes de escolher um? Então confira o texto até o final que iremos te mostrar tudo o que você precisa saber para garantir a segurança e o bom desenvolvimento da criança.

Como funciona um berçário

O berçário, apesar do nome lembrar apenas de berço, se refere à etapa da educação infantil da criança que não é obrigatória. Um berçário pode ser responsável pelo cuidado de bebês e crianças, que necessitem de cuidados e supervisionamento na ausência de seus pais.

Além de cuidado e supervisão, o berçário também tem a função de estimular o desenvolvimento da coordenação motora, cognitiva, sensorial e habilidades sociais dos pequenos. Esse estímulo é realizado por meio de atividades educacionais que sejam adequadas para cada idade.

Como escolher o berçário para o seu filho

- Visite o berçário sem horário marcado

Quando você vai em um berçário sem horário marcado fica muito mais fácil de conseguir identificar falhas no funcionamento do berçário e assim você consegue ver como realmente eles funcionam ao chegar lá de surpresa.

- Infraestrutura

A infraestrutura é um ponto muito importante a ser analisado, afinal você estará deixando o seu filho em um novo ambiente e "sozinho". Por isso avalie a infraestrutura como um todo, os brinquedos quanto a higiene e adequação à idade da criança, assim como também se há quinas descobertas no ambiente em que a criança possa se machucar.

- Localização

Avalie também a localização do berçário. O mais adequado é que ele fique próximo de sua casa ou até mesmo do seu trabalho. Pois assim você pode pegar a criança mais rápido e ainda não precisa cruzar a cidade para isso.

- Equipe

Avalie como as equipes se comportam com outros bebês. Eles serão responsáveis por cuidar do seu filho, então veja como eles trabalham e avalie se são realmente profissionais.

- Higiene e alimentação

Ao visitar um berçário, verifique como cuidam da higiene e organização do ambiente, assim como também da higiene e alimentação das crianças. Além disso, verifique se há iluminação e ventilação no ambiente e se contam com profissionais de saúde, além da equipe pedagógica. Caso o berçário não conte com profissionais de saúde, questione o que é feito em situações de emergência.

- Rotina de atividades

Observe se o berçário tem uma boa rotina de atividades com horários fixos para auxiliar e estimular o desenvolvimento motor, sensorial, cognitivo e social da criança. O plano pedagógico deve ser o mais lúdico possível, com músicas, brincadeiras e grupo, historinhas e outras atividades voltadas para a idade da criança.

- Mensalidade

Avalie se você pode arcar com os custos do berçário sem pesar tanto no seu orçamento. Caso precise de ajuda, tente conseguir um desconto em nossa secretaria, lá é possível conseguir um bom desconto no valor da mensalidade.

Conclusão

Agora que você sabe como funciona um berçário e o quanto ele é importante no desenvolvimento do seu filho, na hora de escolher tenha paciência, pois nem sempre você vai encontrar o berçário ideal de primeira.

Lembre-se que é importante prezar pelo ambiente que mais proporcione segurança para a criança, com bons profissionais e os meios de desenvolvimento adequados para a idade da criança.


Comentários (0)


Deixe um comentário